Seu mundo cotidiano

Descubra as soluções da Freudenberg para manter a pureza do ar em ambientes fechados

Tratamento do ar em ambientes fechados

Para saber mais sobre
nossas soluções e serviços

Fale conosco

Acesse o site internacional

Limpeza de pisos

Para saber mais sobre
nossas soluções e serviços

Fale conosco

Acesse o site internacional

Equipamento para escritórios

Para saber mais sobre
nossas soluções e serviços

Fale conosco

Acesse o site internacional

90%

Muitas pessoas em países industrializados passam 90% do tempo em ambientes fechados.
 Nesse contexto, torna-se uma grande preocupação garantir a qualidade do ar de ambientes internos e eliminar concentrações prejudiciais de contaminantes particulados, odores indesejados e gases insalubres.


“Ao projetarmos e fabricarmos filtros de ar realmente excepcionais para aplicações de consumo, como purificadores de ar e aspiradores de pó, não poderíamos estar mais próximos da missão da nossa empresa de "oferecer soluções para melhorar a qualidade de vida".” Dr. Andreas Kreuter, CEO

A poluição do ar em ambientes fechados é 5 vezes maior do que em áreas externas

Costumamos achar que a poluição do ar é algo que está no ambiente externo, como fumaça, ozônio, névoa em suspensão, especialmente no verão. No entanto, a verdade é que o ar dentro de casas, escritórios e outras edificações pode ser cinco vezes mais poluído do que o ar externo. A poluição do ar está dentro da sua casa e no seu local de trabalho, mas nem sempre você a vê.

O ar dentro de uma casa pode estar poluído com chumbo (poeira interna), formaldeído, agentes extintores, radônio e mesmo produtos químicos voláteis de fragrâncias usadas em produtos de limpeza convencionais. Além disso, alguns poluentes chegam por meio de um novo colchão ou móvel, de produtos de limpeza para carpetes ou da aplicação de pintura nas paredes. Nessa mistura, você também vai encontrar ácaros microscópicos de poeira (um importante alérgenos), mofo e fragmentos da descamação da pele de animais domésticos.   Esses fragmentos ficam nas roupas dos donos de animais domésticos e se desprendem no ambiente ao longo do dia. Não há como escapar, mesmo que você não tenha um animal doméstico. Crianças, pessoas com asma e idosos podem ser particularmente sensíveis a poluentes de ambientes fechados, mas outros efeitos para a saúde podem aparecer anos depois com a exposição repetida.

No que se refere à poluição do ar em escritórios, sabe-se que as fotocopiadoras e impressoras a laser emitem produtos químicos como ozônio, solventes ou pó do toner. Os poluentes vêm dos materiais usados para a sua operação (toner, tinta, papel) e da tecnologia de impressão específica utilizada. Durante a impressão e fotocópia, ocorrem processos químicos e físicos complexos nos quais o toner e o papel reagem sob a influência da luz e das altas temperaturas. Além disso, partículas e poeira também podem afetar adversamente o desempenho dos equipamentos de escritório. Por exemplo, as partículas suspensas no ar podem influenciar o efeito de um projetor de vídeo e reduzir sua vida útil.

Componentes típicos da poluição do ar em ambientes fechados

Um dos desafios que enfrentamos quando falamos de poluição do ar em ambientes fechados é que nós não vemos essas partículas e gases nocivos, pois eles são minúsculos. Criamos uma lista com alguns dos mais importantes poluentes de ambientes fechados.

  • Material particulado (PM)

    Partículas pequenas e minúsculas que flutuam na atmosfera por um período e não caem imediatamente. Essas partículas são divididas em grupos, conforme o tamanho. O material particulado é nocivo à saúde. Isso é válido tanto para altas concentrações por um curto período como para a exposição a baixos níveis por um período prolongado. Por isso, devemos sempre minimizar a exposição à poluição por partículas.

  • Formaldeído

    Um produto químico orgânico predominante no nosso meio ambiente. Esse composto é um gás incolor com odor pungente de uma família de gases denominada aldeídos. É um agente sensibilizante que pode causar uma resposta imunológica após a exposição inicial. Acredita-se também que seja um carcinógeno humano associado ao câncer nasal e pulmonar. A exposição ao formaldeído é mais comum por meio da inalação da fase gasosa. Concentrações de formaldeído em suspensão no ar acima de 0,1 ppm podem causar irritação do trato respiratório.

  • Compostos Orgânicos Voláteis (VOC)

    Produtos químicos orgânicos que possuem uma alta pressão de vapor em temperatura ambiente normal. Alguns VOCs são perigosos para a saúde humana ou causam danos ao meio ambiente. Os VOCs antropogênicos são regulamentados por lei, especialmente em ambientes fechados, onde são encontradas as maiores concentrações. Geralmente, os VOCs nocivos não são altamente tóxicos; mas, em longo prazo, têm efeitos cumulativos sobre a saúde.  É difícil pesquisar os VOCs e seus efeitos porque suas concentrações são geralmente baixas e os sintomas demoram para aparecer.

  • Odores

    Os odores são a percepção olfativa do corpo humano de um produto químico em particular ou de uma mistura deles. Esses produtos químicos odoríferos são provenientes de mofo, bactérias, gases do esgoto, roedores em decomposição ou seus dejetos, fumaça de gases de combustão (carros ou fornos) e animais (para citar apenas algumas fontes comuns).  Eles certamente desempenham um papel importante nos problemas de qualidade dos ambientes fechados em edificações. Alguns produtos químicos (em baixas concentrações) podem ser nocivos à saúde, mesmo antes de serem detectados pelas narinas, enquanto outros são irritantes em concentrações relativamente altas, mas não são nocivos à saúde da maioria das pessoas (pessoas com sensibilidades químicas e ambientais podem sofrer efeitos adversos com concentrações muito baixas de diversos produtos químicos). Embora a maioria dos contaminantes químicos se origine no próprio ambiente interno, eles também podem ser levados de fora para dentro.

  • Microrganismos

    Mofos e outros alérgenos. Cerca de 30% da população mundial sofre de alergias. Aproximadamente 86% de todas as pessoas com alergias são alérgicas a pólen. Durante as épocas de altas concentrações de pólen, as alergias podem se manifestar na forma de resfriados, membranas nasais inchadas, crises de espirro e lacrimejamento dos olhos, afetando adversamente a vida dessas pessoas.